Feeds:
Posts
Comments

Archive for the ‘Mostra de Filmes’ Category

IV MOSTRA DE BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO

06 de julho a 05 de agosto de 2010

A Cinemateca Brasileira, com o apoio do Consulado Geral da Índia em São Paulo e da Academia Internacional de Cinema (AIC), promove a quarta edição da MOSTRA DE BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO.

Iniciativa consolidada no calendário de programação da Cinemateca, conta com uma seleção imperdível de clássicos e produções recentes do cinema indiano. Com curadoria da cineasta Beatriz Seigner, diretora da primeira co-produção Brasil-Índia, Bollywood dream (2010), e do pesquisador do cinema indiano Ibirá Machado, a mostra é composta por 16 filmes, boa parte deles inéditos no Brasil. Pela primeira vez, os amantes do cinema indiano poderão assistir à maioria dos títulos em cópias 35mm trazidas especialmente para o Brasil pelo Consulado Geral da Índia.

Reunindo nomes consagrados da cinematografia indiana como Satyajit Ray, Mani Ratnam, Santosh Sivan, Shyam Benegal, Raj Kapoor, Rajaram Vankudre Shantaram, entre outros, a curadoria dedica especial atenção às produções que tratam de conflitos históricos ligados à formação da identidade da nação indiana. Dentro deste recorte, a mostra contempla clássicos como Garm hava (1973), de M.S. Sathyu, um dos únicos filmes indianos a tratar do impacto da divisão do país, em 1947, sobre a comunidade muçulmana. Garm hava foi indicado a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1974. Mirch masala (1985), de Ketan Mehta, se passa na Índia sob o domínio britânico, e Dil Se.. (1998) é a última parte da trilogia do diretor Mani Ratnam dedicada ao terrorismo. Fechando este recorte, a mostra exibe novamente Theeviravaathi: The terrorist (1999), premiado filme de Santosh Sivan, comprado e distribuído nos Estados Unidos pelo ator John Malkovich.

Entre muitas atrações, merecem destaque especial clássicos como Awaara (1951), de Raj Kapoor, cineasta batizado por historiadores e fãs como o “Chaplin do cinema indiano”; A canção da estrada (1955), obra-prima de estreia do diretor Satyajit Ray, filme que deu origem à famosa Trilogia de Apu, premiado no Festival de Cannes de 1956; Do Ankhen Barah Haath (1957), de Rajaram Vankudre Shantaram, premiado com o Urso de Prata no Festival de Berlim de 1958. Há também títulos raros como Ghare-Baire, também de Satyajit Ray, indicado a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1984; Ankur (1974), de Shyam Benegal, considerado pela crítica um dos representantes do “Paralellal Cinema”, movimento de vanguarda conhecido como a Nouvelle Vague Indiana.

A IV MOSTRA DE BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO também inclui uma série de produções dos anos 2000 como Zubeidaa (2001), de Shyam Benegal, Hum tumhare hain sanam (2002), de K.S. Adiyaman, e Baghban (2003), de Ravi Chopra.


Não indicado para menores de 14 anos


CINEMATECA BRASILEIRA

Largo Senador Raul Cardoso, 207

próxima ao Metrô Vila Mariana

Outras informações: (11) 3512-6111 (ramal 215)

www.cinemateca.gov.br

Ingressos: R$ 8,00 (inteira) / R$ 4,00 (meia-entrada)

Atenção: estudantes do Ensino Fundamental e Médio de escolas públicas têm direito à entrada gratuita mediante a apresentação da carteirinha.


PROGRAMAÇÃO

06.07 | TERÇA

SALA CINEMATECA BNDES

18h00 KANNATHIL MUTHAMITTAL

20h30 A CANÇÃO DA ESTRADA


07.07 | QUARTA

SALA CINEMATECA BNDES

19h30 AWAARA


08.07 | QUINTA

SALA CINEMATECA BNDES

18h00 DO ANKHEN BARAH HAATH

21h00 27 DOWN


09.07 | SEXTA

SALA CINEMATECA BNDES

15h00 ANKUR

17h30 GHARE-BAIRE


10.07 | SÁBADO

SALA CINEMATECA BNDES

14h00 THEEVIRAVAATHI: THE TERRORIST

16h00 DIL SE..


11.07 | DOMINGO

SALA CINEMATECA BNDES

19h30 ZUBEIDAA


13.07 | TERÇA

SALA CINEMATECA PETROBRAS

19h30 DIL SE..


14.07 | QUARTA

SALA CINEMATECA PETROBRAS

18h00 ANKUR

20h30 ZUBEIDAA


15.07 | QUINTA

SALA CINEMATECA PETROBRAS

18h00 A CANÇÃO DA ESTRADA

20h30 GHARE-BAIRE


16.07 | SEXTA

SALA CINEMATECA PETROBRAS

18h30 27 DOWN

21h00 KANNATHIL MUTHAMITTAL


17.07 | SÁBADO

SALA CINEMATECA PETROBRAS

19h00 AWAARA


18.07 | DOMINGO

SALA CINEMATECA PETROBRAS

16h00 DO ANKHEN BARAH HAATH


20.07 | TERÇA

SALA CINEMATECA BNDES

19h30 PARDES


21.07 | QUARTA

SALA CINEMATECA BNDES

18h00 EK DIN PRATIDIN

20h00 BAGHBAN


22.07 | QUINTA

SALA CINEMATECA PETROBRAS

19h00 HUM TUMHARE HAIN SANAM


23.07 | SEXTA

SALA CINEMATECA BNDES

18h00 MIRCH MASALA

20h30 GARM HAVA


24.07 | SÁBADO

SALA CINEMATECA BNDES

16h30 HUM TUMHARE HAIN SANAM

19h30 BAGHBAN


25.07 | DOMINGO

SALA CINEMATECA BNDES

18h00 GARM HAVA

20h30 EK DIN PRATIDIN


27.07 | TERÇA

SALA CINEMATECA BNDES

18h30 THEEVIRAVAATHI: THE TERRORIST

20h30 MIRCH MASALA


28.07 | QUARTA

SALA CINEMATECA BNDES

19h30 DO ANKHEN BARAH HAATH


29.07 | QUINTA

SALA CINEMATECA BNDES

19h30 AWAARA


30.07 | SEXTA

SALA CINEMATECA BNDES

18h00 GARM HAVA

20h30 GHARE-BAIRE


31.07 | SÁBADO

SALA CINEMATECA BNDES

18h30 EK DIN PRATIDIN

20h30 A CANÇÃO DA ESTRADA


01.08 | DOMINGO

SALA CINEMATECA PETROBRAS

20h30 27 DOWN

SALA CINEMATECA BNDES

15h30 PARDES


03.08 | TERÇA

SALA CINEMATECA PETROBRAS

19h00 ZUBEIDAA

04.08 | QUARTA

SALA CINEMATECA PETROBRAS

19h00 MIRCH MISALA


05.08 | QUINTA

SALA CINEMATECA PETROBRAS

19h00 BAGHBAN


FICHAS TÉCNICAS E SINOPSES

27 down, de Awtar Krishna Kaul

Índia, 1974, 35mm, pb, 118’ | Legendas em inglês

Sudhir Dalvi, Om Shivpuri, Sadhu Meher, M.K. Raina

Menino vive com o pai, um motorista de trens, numa pequena cidade da Índia. Depois de um acidente, seu pai torna-se bilheteiro da estação e o garoto começa a gastar seus dias perambulando em meio aos vagões. Quando jovem, ele encontra numa de suas viagens uma bela jovem com quem passa a se relacionar. Acreditando que ela está apaixonada, é supreendido quando a moça o apresenta a um velho, na verdade, seu marido. Insatisfeito, o rapaz empreende uma busca para tentar descobrir os motivos que levaram-na a mentir para ele. Premiado no Festival de Locarno de 1974.

qui 08 21h00 | sex 16 18h30 | dom 01 20h30

Ankur, de Shyam Benegal

Índia, 1974, 35mm, cor, 131’ | Legendas em inglês | Exibição em DVCam

Shabana Azmi, Sadhu Meher, Anant Nag, Dalip Tahil

Mulher vive com o marido num humilde vilarejo indiano. O esposo é surdo-mudo e, juntos, eles trabalham para um rico senhor. A situação de ambos altera-se radicalmente quando o filho do proprietário, de regresso à casa paterna, apaixona-se por ela. Indicado ao Urso de Ouro no Festival de Berlim de 1974, Ankur foge aos padrões de linguagem do cinema comercial indiano. É considerado pela crítica um dos representantes do “Paralellal Cinema”, movimento de vanguarda também conhecido como a Nouvelle Vague Indiana.

sex 09 15h00 | qua 14 18h00

Awaara, de Raj Kapoor

Índia, 1951, 35mm, pb, 193’ | Legendas em português

Prithviraj Kapoor, Raju, Nargis, Leela Chitnis

Rapaz é abandonado pelo pai, um juiz, anos depois de sua mãe ter sido expulsa de casa. Desamparado, aproxima-se de um punguista, mas, tempos depois, descobre que o malandro foi o responsável pela crise que encerrou o casamento de seus pais. Revoltado, ele mata o homem e é preso. No julgamento, terá como advogada de defesa uma antiga namorada e, como juiz, seu próprio pai. Ator, produtor e cineasta, Raj Kapoor recebeu de historiadores e fãs o título de “Chaplin do cinema indiano”. Seus filmes alcançaram enorme sucesso não só na Índia, chegando a circular pelo Oriente Médio, União Soviética e China. O vagabundo concorreu ao Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes de 1953.

qua 07 19h30 | sáb 17 19h00 | qui 29 19h30

Baghban, de Ravi Chopra

Índia, 2003, 35mm, cor, 183’ | Legendas em português

Amitabh Bachchan, Hema Malini, Paresh Rawal, Lillete Dubey

Casal de indianos dedicou-se a vida toda para os filhos, investindo suas economias para o bem-estar de todos, dando-lhes amor e conforto. Quando o pai decide se aposentar, nenhum dos quatro filhos biológicos se dispõem a cuidar dos pais e eles passam a depender da hospitalidade de estranhos até o dia em que velho resolve escrever um livro narrando a dura experiência familiar.

qua 21 20h00 | sáb 24 19h30 | qui 05 19h00

A canção da estrada (Pather Panchali), de Satyajit Ray

Índia, 1955, 35mm, pb, 122’ | Legendas em português

Kanu Bannerjee, Karuna Bannerjee, Subir Bannerjee, Uma Das Gupta

Obra-prima de estreia do diretor Satyajit Ray, filme que deu origem à famosa Trilogia de Apu. Filme moderno que dialoga com o neo-realismo italiano, com o cinema de Jean Renoir e com o cinema clássico americano. Menino vive com a família num pobre vilarejo indiano. Seu pai, um curandeiro sonhador e poeta é forçado a deixar a casa onde moram para buscar trabalho. Premiado no Festival de Cannes de 1956.

ter 06 20h30 | qui 15 18h00 | sáb 31 20h30

Dil Se.., de Mani Ratnam

Índia, 1998, 35mm, cor, 163’ | Legendas em português

Shahrukh Khan, Manisha Koirala, Preity Zinta, Raghuvir Yadav

A serviço de uma rádio, descendente de militares viaja pela Índia na tentativa de fazer entrevistas sobre o 50º aniversário da Independência Indiana. Numa de suas jornadas, apaixona-se por uma bela e misteriosa mulher envolvida em atentados terroristas. Melodrama político, Dil Se.. é a última parte da trilogia do diretor Mani Ratnam dedicada ao terrorismo. Premiado no Festival de Berlim de 1998.

sáb 10 16h00 | ter 13 19h30

Do ankhen barah haath, de Rajaram Vankudre Shantaram

Índia, 1957, 35mm, pb, 143’ | Legendas em português

Rajaram Vankudre Shantaram, Sandhya, Ulhas, B.M. Vyas

Guarda de uma prisão tenta reabilitar seis terríveis assassinos levando-os para trabalhar numa fazenda abandonada. Para compor a história do filme, baseada em fatos reais, o cineasta inspirou-se nos preceitos da filosofia de Gandhi. Clássico da cinematografia indiana, foi premiado com o Urso de Prata no Festival de Berlim de 1958. Além disso, foi também indicado ao Globo de Ouro em 1959.

qui 08 18h00 | dom 18 16h00 | qua 28 19h30

Ek din pratidin, de Mrinal Sen

Índia, 1979, 35mm, cor, 95’ | Legendas em espanhol

Mamata Shankar, Gita Sen, Sreela Majumdar, Satya Banerjee

Como todos os dias, uma família aguarda ansiosamente a chegada de uma de suas filhas – uma operária que sustenta toda a casa. No entanto, nesta noite, a jovem não retorna para o lar depois do trabalho. À medida em que as horas passam, a espera dos familiares torna-se cada vez mais angustiante até chegar ao desespero. Diretor de orientação marxista, Mrinal Sen é autor de obras de forte cunho político. Ek din pratidin concorreu a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1980.

qua 21 18h00 | dom 25 20h30 | sáb 31 18h30

Garm hava, de M.S. Sathyu

Índia, 1973, 35mm, cor, 146’ | Legendas em espanhol

Balraj Sahni, A.K. Hangal, Gita Siddharth, Jamal Hashmi

A dramática situação de uma família muçulmana que decide permanecer na Índia após a divisão do país em 1947 – a partilha, resultado do movimento de independência chefiado por Mahatma Gandhi, levou à criação da República da Índia e da República Islâmica do Paquistão.

Considerado uma das expressões da vanguarda do Paralellal Cinema, Garm hava é um dos únicos filmes indianos a tratar do impacto da divisão do país sobre a comunidade muçulmana. Concorreu a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1974.

sex 23 20h30 | dom 25 18h00 | sex 30 18h00

Ghare-Baire, de Satyajit Ray

Ìndia, 1984, 35mm, cor, 140’ | Legendas em português

Soumitra Chatterjee, Victor Banerjee, Swatilekha Chatterjee, Gopa Aich

Desafiando tradições familiares, mulher é incentivada pelo marido a ter uma educação liberal e universitária. A relação entre ambos é abalada quando seu marido a apresenta para um amigo engajado nas lutas contra a Coroa britânica. Neste filme, Satyajit Ray trata da emancipação da mulher num contexto de repressão e controle social. Concorreu a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1984.

sex 09 17h30 | qui 15 20h30 | sex 30 20h30

Hum tumhare hain sanam, de K.S. Adiyaman

Índia, 2002, 35mm, cor, 172’ | Legendas em português

Salman Khan, Shahrukh Khan, Madhuri Dixit, Atul Agnihotri

Homem se casa com a mulher por quem foi apaixonado desde a infância. Apesar do amor que a esposa lhe dedica, ele passa a suspeitar que ela tenha um caso amoroso com um velho amigo, a quem conhece desde menina. Incitado pelo ciúme, o marido pede o divórcio. Ainda que ela suplique, seu ódio cresce a cada dia.

qui 22 19h00 | sáb 24 16h30

Kannathil Muthamittal, de Mani Ratnam

Índia, 2002, 35mm, cor/pb, 123’ | Legendas em português

Madhavan, J.D. Chakravarthi, Nandita Das, P.S. Keerthana

Incitada pelo marido, membro do grupo separatista Tamil Tiger, uma mulher entrega a filha para a adoção. Tempos depois, a fim de conhecer seus pais biológicos, a menina, já com nove anos, decide voltar para casa e é envolvida pela guerra civil que acomete a região. Sua mãe terá de lidar com a possibilidade de ela se tornar uma das crianças guerrilheiras do Tamil Tiger.

Premiado no Festival de Cinema de Jerusalém de 2003.

ter 06 18h00 | sex 16 21h00

Mirch masala, de Ketan Mehta

Índia/Inglaterra, 1985, 35mm, cor, 128’ | Legendas em português

Ram Gopal Bajaj, Benjamin Gilani, Mohan Gokhale, Nina Kulkarni

Na Índia sob o jugo britânico, uma mulher dá uma surra num fiscal de impostos que quer obrigá-la a se deitar com ele. Ela se esconde dos soldados que saem em seu encalço colocando toda os moradores da cidade onde mora na luta contra as autoridades.

sex 23 18h00 | ter 27 20h30 | qua 04 19h00

Pardes, de Subhash Ghai

Índia, 1997, 35mm, cor, 191’ | Legendas em português

Shahrukh Khan, Amrish Puri, Mahima Chaudhry, Apoorva Agnihotri

Bem-sucedido nos negócios, indiano vive nos Estados Unidos mas sente saudades de sua terra natal. A fim de encontrar uma mulher para seu filho, ele resolve então voltar para a Índia. Encontra a futura nora na casa de um velho amigo e, tempos depois, os dois jovens se casam e passam a morar também nos Estados Unidos. No entanto, logo a moça descobre que seu marido tem um especial gosto por bebidas alcóolicas.

ter 20 19h30 | dom 01 15h30

Theeviravaathi: The terrorist, de Santosh Sivan

Índia, 1999, 35mm, cor, 95’ | Legendas em português | Exibição em betacam digital

Ayesha Dharker, K. Krishna, Sonu Sisupal, Vishwas

Produção independente inspirada por eventos em torno do assassinato do ex-Primeiro Ministro Rajiv Gandhi. Jovem se alia a uma organização terrorista e voluntaria-se para matar um político num ataque suicida. Em meio aos preparativos, ela descobre que está grávida. Hesitante, passa a questionar a natureza do sacrifício que está prestes a fazer. Primeiro filme indiano exibido no Sundance Film Festival, foi comprado e distribuído nos Estados Unidos pelo ator John Malkovich.

sáb 10 14h00 | ter 27 18h30

Zubeidaa, de Shyam Benegal

Índia, 2001, 35mm, cor, 153’ | Legendas em português

Karisma Kapoor, Rajit Kapoor, Surekha Sikri, Amrish Puri

Filha de cineasta, uma jovem trabalha secretamente como atriz. Ao tomar conhecimento do  ofício da filha, o pai a proíbe de atuar e lhe arranja um casamento. Ela dá luz a um filho e tudo parece estar bem quando uma briga familiar faz com que seu marido peça o divórcio. Atriz consagrada, uma das principais estrelas de Bollywood, Karisma Kapoor interpreta o papel da jovem Zubeida.

dom 11 19h30 | qua 14 20h30 | ter 03 19h00

IV MOSTRA DE BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO
06 de julho a 05 de agosto de 2010
A Cinemateca Brasileira, com o apoio do Consulado Geral da Índia em São Paulo
e da Academia Internacional de Cinema (AIC), promove a quarta edição da MOSTRA DE
BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO.
Iniciativa consolidada no calendário de programação da Cinemateca, conta com uma
seleção imperdível de clássicos e produções recentes do cinema indiano. Com curadoria da
cineasta Beatriz Seigner, diretora da primeira co-produção Brasil-Índia, Bollywood dream
(2010), e do pesquisador do cinema indiano Ibirá Machado, a mostra é composta por 16 filmes,
boa parte deles inéditos no Brasil. Pela primeira vez, os amantes do cinema indiano poderão
assistir à maioria dos títulos em cópias 35mm trazidas especialmente para o Brasil pelo
Consulado Geral da Índia.
Reunindo nomes consagrados da cinematografia indiana como Satyajit Ray, Mani
Ratnam, Santosh Sivan, Shyam Benegal, Raj Kapoor, Rajaram Vankudre Shantaram, entre
outros, a curadoria dedica especial atenção às produções que tratam de conflitos históricos
ligados à formação da identidade da nação indiana. Dentro deste recorte, a mostra contempla
clássicos como Garm hava (1973), de M.S. Sathyu, um dos únicos filmes indianos a tratar
do impacto da divisão do país, em 1947, sobre a comunidade muçulmana. Garm hava foi
indicado a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1974. Mirch masala (1985), de Ketan
Mehta, se passa na Índia sob o domínio britânico, e Dil Se.. (1998) é a última parte da trilogia
do diretor Mani Ratnam dedicada ao terrorismo. Fechando este recorte, a mostra exibe
novamente Theeviravaathi: The terrorist (1999), premiado filme de Santosh Sivan, comprado
e distribuído nos Estados Unidos pelo ator John Malkovich.
Entre muitas atrações, merecem destaque especial clássicos como Awaara (1951), de
Raj Kapoor, cineasta batizado por historiadores e fãs como o “Chaplin do cinema indiano”; A
canção da estrada (1955), obra-prima de estreia do diretor Satyajit Ray, filme que deu origem
à famosa Trilogia de Apu, premiado no Festival de Cannes de 1956; Do Ankhen Barah Haath
(1957), de Rajaram Vankudre Shantaram, premiado com o Urso de Prata no Festival de Berlim
de 1958. Há também títulos raros como Ghare-Baire, também de Satyajit Ray, indicado a
Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1984; Ankur (1974), de Shyam Benegal, considerado
pela crítica um dos representantes do “Paralellal Cinema”, movimento de vanguarda conhecido
como a Nouvelle Vague Indiana.
A IV MOSTRA DE BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO também inclui uma série de
produções dos anos 2000 como Zubeidaa (2001), de Shyam Benegal, Hum tumhare hain
sanam (2002), de K.S. Adiyaman, e Baghban (2003), de Ravi Chopra.
Não indicado para menores de 14 anos
CINEMATECA BRASILEIRA
Largo Senador Raul Cardoso, 207
próxima ao Metrô Vila Mariana
Outras informações: (11) 3512-6111 (ramal 215)
http://www.cinemateca.gov.br
Ingressos: R$ 8,00 (inteira) / R$ 4,00 (meia-entrada)
Atenção: estudantes do Ensino Fundamental e Médio de escolas públicas têm direito à
entrada gratuita mediante a apresentação da carteirinha.
PROGRAMAÇÃO
06.07 | TERÇA
SALA CINEMATECA BNDES
18h00 KANNATHIL MUTHAMITTAL
20h30 A CANÇÃO DA ESTRADA
07.07 | QUARTA
SALA CINEMATECA BNDES
19h30 AWAARA
08.07 | QUINTA
SALA CINEMATECA BNDES
18h00 DO ANKHEN BARAH HAATH
21h00 27 DOWN
09.07 | SEXTA
SALA CINEMATECA BNDES
15h00 ANKUR
17h30 GHARE-BAIRE
10.07 | SÁBADO
SALA CINEMATECA BNDES
14h00 THEEVIRAVAATHI: THE TERRORIST
16h00 DIL SE..
11.07 | DOMINGO
SALA CINEMATECA BNDES
19h30 ZUBEIDAA
13.07 | TERÇA
SALA CINEMATECA PETROBRAS
19h30 DIL SE..
14.07 | QUARTA
SALA CINEMATECA PETROBRAS
18h00 ANKUR
20h30 ZUBEIDAA
15.07 | QUINTA
SALA CINEMATECA PETROBRAS
18h00 A CANÇÃO DA ESTRADA
20h30 GHARE-BAIRE
16.07 | SEXTA
SALA CINEMATECA PETROBRAS
18h30 27 DOWN
21h00 KANNATHIL MUTHAMITTAL
17.07 | SÁBADO
SALA CINEMATECA PETROBRAS
19h00 AWAARA
18.07 | DOMINGO
SALA CINEMATECA PETROBRAS
16h00 DO ANKHEN BARAH HAATH
20.07 | TERÇA
SALA CINEMATECA BNDES
19h30 PARDES
21.07 | QUARTA
SALA CINEMATECA BNDES
18h00 EK DIN PRATIDIN
20h00 BAGHBAN
22.07 | QUINTA
SALA CINEMATECA PETROBRAS
19h00 HUM TUMHARE HAIN SANAM
23.07 | SEXTA
SALA CINEMATECA BNDES
18h00 MIRCH MASALA
20h30 GARM HAVA
24.07 | SÁBADO
SALA CINEMATECA BNDES
16h30 HUM TUMHARE HAIN SANAM
19h30 BAGHBAN
25.07 | DOMINGO
SALA CINEMATECA BNDES
18h00 GARM HAVA
20h30 EK DIN PRATIDIN
27.07 | TERÇA
SALA CINEMATECA BNDES
18h30 THEEVIRAVAATHI: THE TERRORIST
20h30 MIRCH MASALA
28.07 | QUARTA
SALA CINEMATECA BNDES
19h30 DO ANKHEN BARAH HAATH
29.07 | QUINTA
SALA CINEMATECA BNDES
19h30 AWAARA
30.07 | SEXTA
SALA CINEMATECA BNDES
18h00 GARM HAVA
20h30 GHARE-BAIRE
31.07 | SÁBADO
SALA CINEMATECA BNDES
18h30 EK DIN PRATIDIN
20h30 A CANÇÃO DA ESTRADA
01.08 | DOMINGO
SALA CINEMATECA PETROBRAS
20h30 27 DOWN
SALA CINEMATECA BNDES
15h30 PARDES
03.08 | TERÇA
SALA CINEMATECA PETROBRAS
19h00 ZUBEIDAA
04.08 | QUARTA
SALA CINEMATECA PETROBRAS
19h00 MIRCH MISALA
05.08 | QUINTA
SALA CINEMATECA PETROBRAS
19h00 BAGHBAN
FICHAS TÉCNICAS E SINOPSES
27 down, de Awtar Krishna Kaul
Índia, 1974, 35mm, pb, 118’ | Legendas em inglês
Sudhir Dalvi, Om Shivpuri, Sadhu Meher, M.K. Raina
Menino vive com o pai, um motorista de trens, numa pequena cidade da Índia. Depois de
um acidente, seu pai torna-se bilheteiro da estação e o garoto começa a gastar seus dias
perambulando em meio aos vagões. Quando jovem, ele encontra numa de suas viagens
uma bela jovem com quem passa a se relacionar. Acreditando que ela está apaixonada, é
supreendido quando a moça o apresenta a um velho, na verdade, seu marido. Insatisfeito, o
rapaz empreende uma busca para tentar descobrir os motivos que levaram-na a mentir para
ele. Premiado no Festival de Locarno de 1974.
qui 08 21h00 | sex 16 18h30 | dom 01 20h30
Ankur, de Shyam Benegal
Índia, 1974, 35mm, cor, 131’ | Legendas em inglês | Exibição em DVCam
Shabana Azmi, Sadhu Meher, Anant Nag, Dalip Tahil
Mulher vive com o marido num humilde vilarejo indiano. O esposo é surdo-mudo e, juntos, eles
trabalham para um rico senhor. A situação de ambos altera-se radicalmente quando o filho
do proprietário, de regresso à casa paterna, apaixona-se por ela. Indicado ao Urso de Ouro
no Festival de Berlim de 1974, Ankur foge aos padrões de linguagem do cinema comercial
indiano. É considerado pela crítica um dos representantes do “Paralellal Cinema”, movimento
de vanguarda também conhecido como a Nouvelle Vague Indiana.
sex 09 15h00 | qua 14 18h00
Awaara, de Raj Kapoor
Índia, 1951, 35mm, pb, 193’ | Legendas em português
Prithviraj Kapoor, Raju, Nargis, Leela Chitnis
Rapaz é abandonado pelo pai, um juiz, anos depois de sua mãe ter sido expulsa de casa.
Desamparado, aproxima-se de um punguista, mas, tempos depois, descobre que o malandro
foi o responsável pela crise que encerrou o casamento de seus pais. Revoltado, ele mata o
homem e é preso. No julgamento, terá como advogada de defesa uma antiga namorada e,
como juiz, seu próprio pai. Ator, produtor e cineasta, Raj Kapoor recebeu de historiadores e
fãs o título de “Chaplin do cinema indiano”. Seus filmes alcançaram enorme sucesso não só
na Índia, chegando a circular pelo Oriente Médio, União Soviética e China. O vagabundo
concorreu ao Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes de 1953.
qua 07 19h30 | sáb 17 19h00 | qui 29 19h30
Baghban, de Ravi Chopra
Índia, 2003, 35mm, cor, 183’ | Legendas em português
Amitabh Bachchan, Hema Malini, Paresh Rawal, Lillete Dubey
Casal de indianos dedicou-se a vida toda para os filhos, investindo suas economias para o
bem-estar de todos, dando-lhes amor e conforto. Quando o pai decide se aposentar, nenhum
dos quatro filhos biológicos se dispõem a cuidar dos pais e eles passam a depender da
hospitalidade de estranhos até o dia em que velho resolve escrever um livro narrando a dura
experiência familiar.
qua 21 20h00 | sáb 24 19h30 | qui 05 19h00
A canção da estrada (Pather Panchali), de Satyajit Ray
Índia, 1955, 35mm, pb, 122’ | Legendas em português
Kanu Bannerjee, Karuna Bannerjee, Subir Bannerjee, Uma Das Gupta
Obra-prima de estreia do diretor Satyajit Ray, filme que deu origem à famosa Trilogia de Apu.
Filme moderno que dialoga com o neo-realismo italiano, com o cinema de Jean Renoir e com
o cinema clássico americano. Menino vive com a família num pobre vilarejo indiano. Seu pai,
um curandeiro sonhador e poeta é forçado a deixar a casa onde moram para buscar trabalho.
Premiado no Festival de Cannes de 1956.
ter 06 20h30 | qui 15 18h00 | sáb 31 20h30
Dil Se.., de Mani Ratnam
Índia, 1998, 35mm, cor, 163’ | Legendas em português
Shahrukh Khan, Manisha Koirala, Preity Zinta, Raghuvir Yadav
A serviço de uma rádio, descendente de militares viaja pela Índia na tentativa de fazer
entrevistas sobre o 50º aniversário da Independência Indiana. Numa de suas jornadas,
apaixona-se por uma bela e misteriosa mulher envolvida em atentados terroristas. Melodrama
político, Dil Se.. é a última parte da trilogia do diretor Mani Ratnam dedicada ao terrorismo.
Premiado no Festival de Berlim de 1998.
sáb 10 16h00 | ter 13 19h30
Do ankhen barah haath, de Rajaram Vankudre Shantaram
Índia, 1957, 35mm, pb, 143’ | Legendas em português
Rajaram Vankudre Shantaram, Sandhya, Ulhas, B.M. Vyas
Guarda de uma prisão tenta reabilitar seis terríveis assassinos levando-os para trabalhar numa
fazenda abandonada. Para compor a história do filme, baseada em fatos reais, o cineasta
inspirou-se nos preceitos da filosofia de Gandhi. Clássico da cinematografia indiana, foi
premiado com o Urso de Prata no Festival de Berlim de 1958. Além disso, foi também indicado
ao Globo de Ouro em 1959.
qui 08 18h00 | dom 18 16h00 | qua 28 19h30
Ek din pratidin, de Mrinal Sen
Índia, 1979, 35mm, cor, 95’ | Legendas em espanhol
Mamata Shankar, Gita Sen, Sreela Majumdar, Satya Banerjee
Como todos os dias, uma família aguarda ansiosamente a chegada de uma de suas filhas –
uma operária que sustenta toda a casa. No entanto, nesta noite, a jovem não retorna para o lar
depois do trabalho. À medida em que as horas passam, a espera dos familiares torna-se cada
vez mais angustiante até chegar ao desespero. Diretor de orientação marxista, Mrinal Sen é
autor de obras de forte cunho político. Ek din pratidin concorreu a Palma de Ouro no Festival
de Cannes de 1980.
qua 21 18h00 | dom 25 20h30 | sáb 31 18h30
Garm hava, de M.S. Sathyu
Índia, 1973, 35mm, cor, 146’ | Legendas em espanhol
Balraj Sahni, A.K. Hangal, Gita Siddharth, Jamal Hashmi
A dramática situação de uma família muçulmana que decide permanecer na Índia após a
divisão do país em 1947 – a partilha, resultado do movimento de independência chefiado por
Mahatma Gandhi, levou à criação da República da Índia e da República Islâmica do Paquistão.
Considerado uma das expressões da vanguarda do Paralellal Cinema, Garm hava é um dos
únicos filmes indianos a tratar do impacto da divisão do país sobre a comunidade muçulmana.
Concorreu a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1974.
sex 23 20h30 | dom 25 18h00 | sex 30 18h00
Ghare-Baire, de Satyajit Ray
Ìndia, 1984, 35mm, cor, 140’ | Legendas em português
Soumitra Chatterjee, Victor Banerjee, Swatilekha Chatterjee, Gopa Aich
Desafiando tradições familiares, mulher é incentivada pelo marido a ter uma educação liberal e
universitária. A relação entre ambos é abalada quando seu marido a apresenta para um amigo
engajado nas lutas contra a Coroa britânica. Neste filme, Satyajit Ray trata da emancipação da
mulher num contexto de repressão e controle social. Concorreu a Palma de Ouro no Festival
de Cannes de 1984.
sex 09 17h30 | qui 15 20h30 | sex 30 20h30
Hum tumhare hain sanam, de K.S. Adiyaman
Índia, 2002, 35mm, cor, 172’ | Legendas em português
Salman Khan, Shahrukh Khan, Madhuri Dixit, Atul Agnihotri
Homem se casa com a mulher por quem foi apaixonado desde a infância. Apesar do amor
que a esposa lhe dedica, ele passa a suspeitar que ela tenha um caso amoroso com um velho
amigo, a quem conhece desde menina. Incitado pelo ciúme, o marido pede o divórcio. Ainda
que ela suplique, seu ódio cresce a cada dia.
qui 22 19h00 | sáb 24 16h30
Kannathil Muthamittal, de Mani Ratnam
Índia, 2002, 35mm, cor/pb, 123’ | Legendas em português
Madhavan, J.D. Chakravarthi, Nandita Das, P.S. Keerthana
Incitada pelo marido, membro do grupo separatista Tamil Tiger, uma mulher entrega a filha
para a adoção. Tempos depois, a fim de conhecer seus pais biológicos, a menina, já com nove
anos, decide voltar para casa e é envolvida pela guerra civil que acomete a região. Sua mãe
terá de lidar com a possibilidade de ela se tornar uma das crianças guerrilheiras do Tamil Tiger.
Premiado no Festival de Cinema de Jerusalém de 2003.
ter 06 18h00 | sex 16 21h00
Mirch masala, de Ketan Mehta
Índia/Inglaterra, 1985, 35mm, cor, 128’ | Legendas em português
Ram Gopal Bajaj, Benjamin Gilani, Mohan Gokhale, Nina Kulkarni
Na Índia sob o jugo britânico, uma mulher dá uma surra num fiscal de impostos que quer
obrigá-la a se deitar com ele. Ela se esconde dos soldados que saem em seu encalço
colocando toda os moradores da cidade onde mora na luta contra as autoridades.
sex 23 18h00 | ter 27 20h30 | qua 04 19h00
Pardes, de Subhash Ghai
Índia, 1997, 35mm, cor, 191’ | Legendas em português
Shahrukh Khan, Amrish Puri, Mahima Chaudhry, Apoorva Agnihotri
Bem-sucedido nos negócios, indiano vive nos Estados Unidos mas sente saudades de sua
terra natal. A fim de encontrar uma mulher para seu filho, ele resolve então voltar para a Índia.
Encontra a futura nora na casa de um velho amigo e, tempos depois, os dois jovens se casam
e passam a morar também nos Estados Unidos. No entanto, logo a moça descobre que seu
marido tem um especial gosto por bebidas alcóolicas.
ter 20 19h30 | dom 01 15h30
Theeviravaathi: The terrorist, de Santosh Sivan
Índia, 1999, 35mm, cor, 95’ | Legendas em português | Exibição em betacam digital
Ayesha Dharker, K. Krishna, Sonu Sisupal, Vishwas
Produção independente inspirada por eventos em torno do assassinato do ex-Primeiro Ministro
Rajiv Gandhi. Jovem se alia a uma organização terrorista e voluntaria-se para matar um político
num ataque suicida. Em meio aos preparativos, ela descobre que está grávida. Hesitante,
passa a questionar a natureza do sacrifício que está prestes a fazer. Primeiro filme indiano
exibido no Sundance Film Festival, foi comprado e distribuído nos Estados Unidos pelo ator
John Malkovich.
sáb 10 14h00 | ter 27 18h30
Zubeidaa, de Shyam Benegal
Índia, 2001, 35mm, cor, 153’ | Legendas em português
Karisma Kapoor, Rajit Kapoor, Surekha Sikri, Amrish Puri
Filha de cineasta, uma jovem trabalha secretamente como atriz. Ao tomar conhecimento do
ofício da filha, o pai a proíbe de atuar e lhe arranja um casamento. Ela dá luz a um filho e tudo
parece estar bem quando uma briga familiar faz com que seu marido peça o divórcio. Atriz
consagrada, uma das principais estrelas de Bollywood, Karisma Kapoor interpreta o papel da
jovem Zubeida.
dom 11 19h30 | qua 14 20h30 | ter 03 19h00

Read Full Post »

BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO

A Cinemateca Brasileira,em parceria com a Academia Internacional de Cinema (AIC), traz mais uma vez a São Paulo uma seleção de clássicos e produções recentes de Bollywood e do cinema indiano. A terceira edição da mostra BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO tem entre seus destaques uma amostra do cinema policial de produção recente e um programa especial reunindo filmes sobre o terrorismo na Índia. Completam a programação os tradicionais romances musicais made in Bollywood e um filme de terror psicológico que tem como mote o aborto. Composta por 13 longas de ficção e pelo documentário inédito Bollyworld – com exibição seguida de debate com o produtor Franthiesco Ballerini, dia 24, às 19h30 –, a mostra BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO é uma iniciativa do produtor, cineasta e editor indiano Ram Prasad Devineni, responsável também pela curadoria. Os filmes serão exibidos com legendas em inglês.


ENTRADA FRANCA

Não indicado para menores de 14 anos

CINEMATECA BRASILEIRA, Largo Senador Raul Cardoso, 207, próxima ao Metrô Vila Mariana
Outras informações: (11) 3512-6111 (ramal 215). www.cinemateca.gov.br

PROGRAMAÇÃO

17.03 | TERÇA
SALA CINEMATECA BNDES
20h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | BOBBY

18.03 | QUARTA
SALA CINEMATECA BNDES
18h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | JOHNNY GADDAAR
21h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | DHOKHA

19.03 | QUINTA
SALA CINEMATECA BNDES
18h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | BOMBAY
21h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | GAURI: THE UNBORN

20.03 | SEXTA
SALA CINEMATECA PETROBRAS
18h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | 36 CHINA TOWN
21h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | THE TERRORIST

21.03 | SÁBADO
SALA CINEMATECA PETROBRAS
15h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | WOH LAMHE

SALA CINEMATECA BNDES
17h30 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | CASH
20h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | RED: THE DARK SIDE

22.03 | DOMINGO
SALA CINEMATECA PETROBRAS
15h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | ROJA
17h30 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | BOLLYWORLD
18h30 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | AAG

24.03 | TERÇA
SALA CINEMATECA PETROBRAS
19h30 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | BOLLYWORLD | DEBATE COM FRANTHIESCO BALLERINI

25.03 | QUARTA
SALA CINEMATECA PETROBRAS
17h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | 36 CHINA TOWN
20h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | BLACK FRIDAY

26.03 | QUINTA
SALA CINEMATECA PETROBRAS
17h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | CASH
20h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | ROJA

27.03 | SEXTA
SALA CINEMATECA PETROBRAS
17h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | RED: THE DARK SIDE
20h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | WOH LAMHE

28.03 | SÁBADO
SALA CINEMATECA PETROBRAS
17h30 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | AAG
21h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | GAURI: THE UNBORN

29.03 | DOMINGO
SALA CINEMATECA PETROBRAS
15h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | BOMBAY
18h00 BOLLYWOOD E CINEMA INDIANO | BOBBY


FICHAS TÉCNICAS E SINOPSES

36 China Town, de Abbas Mustan
Índia, 2006, 35mm, cor, 140’ | Legendas em inglês | Exibição em DVD
Akshaye Khanna, Kareena Kapoor, Shahid Kapur, Paresh Rawal
Policial tenta descobrir quem matou a rica proprietária de um cassino em Goa.
sex 20 18h00 | qua 25 17h00

Aag, de Ram Gopal Varma
Índia, 2007, 35mm, cor, 171’ | Legendas em inglês | Exibição em DVD
Amitabh Bachchan, Ajay Devgan, Mohanlal, Prashant Raj
Acerto de contas entre um inspetor de polícia e o mais temido e poderoso gangster de Bombaim. Refilmagem de Sholay, grande hit do cinema indiano dos anos 70.
dom 22 18h30 | sáb 28 17h30

Bobby, de Raj Kapoor
Índia, 1973, 35mm, cor, 168’ | Legendas em inglês | Exibição em DVD
Rishi Kapoor, Dimple Kapadia, Pran, Prem Nath
História do amor impossível entre dois adolescentes de castas diferentes em Bombaim. Campeão de bilheteria do cinema indiano dos anos 70, inspirou inúmeras imitações.
ter 17 20h00 | dom 29 18h00

Bollyworld, de Ram Devineni
Índia/Brasil, 2009, vídeo digital, cor, 30’ | Versão original em inglês | Exibição em DVD
Um dos focos do documentário são as transformações da indústria de Bollywood para aumentar seu apelo junto a uma classe média indiana emergente e às platéias internacionais.
dom 22 17h30 | ter 24 19h30

Cash, de Anubhav Sinha
Índia, 2007, 35mm, cor, 137’ | Legendas em inglês | Exibição em DVD
Ajay Devgan, Sunil Shetty, Zayed Khan, Ritesh Deshmukh
Criminosos lutam pela posse de preciosos diamantes sul-africanos.
sáb 21 17h30 | qui 26 17h00

Gauri: the unborn, de Aku Akbar
Índia, 2007, 35mm, cor, 98’ | Legendas em inglês | Exibição em DVD
Mohan Azaad, Anupam Kher, Atul Kulkarni, Manasi
As lembranças de um aborto, realizado em nome da ascensão profissional de um casal, voltam para aterrorizar uma família em férias.
qui 19 21h00 | sáb 28 21h00

Johnny Gaddaar, de Sriram Raghavan
Índia, 2007, 35mm, cor, 138’ | Legendas em inglês | Exibição em DVD
Dharmendra, Rimi Sen, Ashwini Khalsekar, Neil Nitin Mukesh
A história de um criminoso que elimina os companheiros para aumentar sua parte nos lucros da gangue serve de pretexto a esta homenagem à literatura e ao cinema noir.
qua 18 18h00

Red: the dark side, de Vikram Bhatt
Índia, 2007, 35mm, cor, 148’ | Legendas em inglês | Exibição em DVD
Aftab Shivdasani, Celina Jaitley, Amrita Arora, Amin Hajee
Saindo das garras da morte, Neil é levado por um desejo incontrolável que o conduz pelo caminho obscuro do passado de sua amada Anahita.
sáb 21 20h00 | sex 27 17h00

Woh Lamhe, de Mohit Suri
Índia, 2006, 35mm, cor, 135’ | Legendas em inglês | Exibição em DVD
Shiney Ahuja, Kangana Ranaut, Shaad Randhawa, Purab Kohli
Baseado na vida de Parveen Babi, o filme conta a história de uma atriz esquizofrênica e seu grande amor.
sáb 21 15h00 | sex 27 20h00

CINEMA INDIANO E TERRORISMO

Black friday, de Anurag Kashyap
Índia, 2004, 35mm, cor, 167’ | Legendas em inglês | Exibição em DVD
Vijay Maurya, Pavan Malhotra, Aditya Srivastava, Dibyendu Bhattacharya
Trata dos bombardeios que aterrorizaram Bombaim em 1993, uma resposta à violência sofrida pelos muçulmanos durante as revoltas que deixaram mais de 1.500 mortos.
qua 25 20h00

Bombay, de Mani Ratnam
Índia, 1995, 35mm, cor, 141’ | Legendas em inglês | Exibição em DVD
Arvind Swamy, Manisha Koirala, Tinnu Anand, Akash Khurana
Hindu se casa com muçulmana num pequeno vilarejo no sul da Índia, mas são obrigados a mudar para Bombaim para fugir do preconceito. A casa do diretor Mani Ratnam sofreu um ataque a bomba após o lançamento do filme nos cinemas.
qui 19 18h00 | dom 29 15h00

Dhokha, de Pooja Bhatt
Índia, 2007, 35mm, cor, 117’ | Legendas em inglês | Exibição em DVD
Muzammil Ibrahim, Tulip Joshi, Aushima Sawhney, Bharat Dabholkar
Muçulmano moderado, policial indiano entra em choque quando sua falecida esposa, vítima de um ataque a bomba, é acusada pelo atentado.
qua 18 21h00

Roja, de Mani Ratnam
Índia, 1992, 35mm, cor, 137’ | Legendas em inglês | Exibição em DVD
Arvind Swamy, Madhoo, Pankaj Kapur, Shiva Rindani
A inocente e recém-casada Roja luta para libertar o marido, sequestrado por terroristas paquistaneses e levado para Kashmir.
dom 22 15h00 | qui 26 20h00

The terrorist, de Santosh Sivan
Índia, 1999, 35mm, cor, 95’ | Legendas em inglês | Exibição em DVD
Ayesha Dharker, K. Krishna, Sonu Sisupal, Vishwas
Produção independente inspirada por eventos em torno do assassinato do ex-Primeiro Ministro Rajiv Gandhi. Primeiro filme indiano exibido no Sundance Film Festival, foi comprado e distribuido nos Estados Unidos pelo ator John Malkovich.
sex 20 21h00

Read Full Post »

10 de julho de 2008 / July 10, 2008, 20:30 (8:30pm)
CINEMATECA BRASILEIRA Largo Senador Raul Cardoso, 207 proxima ao Metro Vila Mariana, Sao Paulo, Brasil. Outras informacoes: (11) 3512-6111 (ramal 215) / 3512-6101. Organizado pela Academia Internacional de Cinema (AIC) e Cinemateca Brasileira. A conferencia por Pavitra Sundar.

A indiana Pavitra Sundar completou recentemente seu doutorado na Universidade de Michigan com um estudo sobre as relacoes entre musica e cinema nas producoes de Bollywood. A conferencia que Pavitra, natural de Bombaim, apresenta na Cinemateca Brasileira, em julho, e uma rara oportunidade para o publico de Sao Paulo entender melhor porque ha tanta musica e danca nos filmes populares feitos em Bollywood. Pavitra promete proporcionar aos espectadores uma viagem musical pelo cinema indiano — atualmente a maior industria cinematografica do mundo — atraves de seus comentarios e de varios clips com sequencias musicais de filmes de diferentes epocas. A conferencia MUSICA E CINEMA DE BOLLYWOOD e uma promocao da Academia Internacional de Cinema (AIC) e do produtor, cineasta e editor indiano Ram Prasad Devineni, curador das mostras de filmes de Bollywood que a Cinemateca realizou em 2007 e 2008.

PROGRAMACAO / Program

Ever wonder why there is so much singing and dancing in Bollywood movies? Join renowned film scholar Pavitra Sundar through a cinematic musical journey through Indian cinema — the largest movie industry in the world. Learn about the basic plot and theme structures of Bollywood movies and music and how they influence Indian and world culture. Also, the magic of Bollywood song and dance sequences. Watch clips from popular Bollywood movies like Kal Ho Na Ho staring mega movie star Shahrukh Khan and others. We guarantee by the end of the presentation, you will be dancing in your seats.

Pavitra Sundar is a native of Bombay, India and recently completed her Ph.D. at the University of Michigan, with a thesis on Bollywood film and film music. She will be joining Dartmouth College (Hanover, NH) as Mellon postdoctoral fellow in Film and Television Studies.

Read Full Post »

12, 13 e 14 de junho, 2008 19h30 Na Academia Internacional de Cinema – Rua Dr. Gabriel dos Santos, 142, Higienopolis, Sao Paulo. (proximo ao metro Marechal Deodoro). Tel. (11) 3826-7883. Entrada Franca. http://www.aicinema.com.br

Academia Internacional de Cinema e Bollywood Brazil apresentam o festival INDIA NA TELA, com exibies de filmes e debate sobre Bollywood. A par das novas tendncias da indœstria cinematografica indiana, o jornalista do Jornal da Tarde, Franthiesco Ballerini, e a cineasta Raquel Valadares participam de um debate sobre Bollywood apos a sess‹o de abertura, no dia 12.

PROGRAMACAO / Program

Jhoom Barabar Jhoom
Dois estranhos, esperando o trem em uma movimentada estacao de Londres, compartilham suas historias romanticas sobre como conheceram seus respectivos noivos. Um casal se conheceu no Ritz Hotel em Paris, na mesma noite em que a Princesa Diana e Dodi sairam do hotel e cairam nas garras dos paparazzi. “Quando dois amantes morrem, outros dois nascem.” No filme, o legendario ator Amitabh Bachchan interpreta um poeta que guia esses personagens atraves de extravagantes sequencias de musica e danca. O filme e frequentemente definido como a versao de Bollywood para “Moulin Rouge.”

Lage Raho Munna Bhai (2006), de Rajkumar Hirani. Munna Bhai, engraçado gangster de Mumbai, apaixona-se por Jahnvi, uma radialista, e passa por profundo conhecedor de Gandhi para conquistá-la. Quem vem socorrê-lo nessa empreitada é o próprio Gandhi, em espírito.

Maqbool (2003), de Vishal Bharadwaj. Adaptação de Macbeth, de William Shakespeare, para o cenário do submundo mafioso de Mumbai.

Corpo de Bollywood — O povo quer cinema (2008) O documentario revela como o cinema e a principal forma de entretenimento na India. Bollywood e o centro dessa cultura cinematografica. A maior industria produtora de filmes do mundo — quase mil titulos por ano — mostra seu corpo e estrutura atraves de depoimentos do distribuidor Balkrishna Shroff, do exibidor Umesh Mehra, do produtor Mahesh Bhatt, do diretor Indranil Chakravarty, do empresario Devendra Joshi e de inumeros espectadores em diferentes partes do pais.

PROGRAMAÇÃO:

Quinta-feira, 12 de Junho às 19h30:
Projeção do filme Maqbool (2003), de Vishal Bharadwaj. Debate com o jornalista Franthiesco Ballerini e a cineasta Raquel Valadares.

Sexta-feira, 13 de Junho às 19h30
Projeção do filme Lage Raho Munna Bhai (2006), de Rajkumar Hirani e do documentário. Corpo de Bollywood, o povo quer cinema (2007), de Raquel Valadares.

Sábado, 14 de Junho às 19h30
Projeção do filme JHOOM BARABAR JHOOM (2007), de Shad Ali. Encerramento.

Read Full Post »

De 27 a 30 de Setembro de 2007, as 19h00 / September 27-30, 2007 at 7 PM
Cine Libero Luxardo, Avenida Gentil Bittencourt, 650, Nazare, Belem, Para, Brasil
Tels. (91) 4008-9918

Organizado pela Academia Internacional de Cinema (AIC) e a Governo do Para, Secretaria, Executiva de Cultura, Museu da Imagem e do Som & Fundacao Tancredo Neves.

O festival de cinema ira exibir diversos filmes importantes de Bollywood e do cinema indiano, ajudando os brasileiros a aprender mais sobre a India e seu cinema. Essa e a maneira ideal de introduzir os brasileiros a India, porque os filmes de Bollywood sao os embaixadores culturais da India.

PROGRAMACAO / Program



Kabul Express. A guerra faz companheiros estranhos, e nno ha nada mais estranho do que dois jornalistas indianos, um motorista afegao, um membro do Taliban paquistanes e uma fotografa americana atraves de Kabul em um carro 4×4. Situado nas semanas apos 11 de setembro de 2001, quando jornalistas varriam o Afeganistao por noticias da guerra iminente, “Kabul Express” e um quase miraculoso road movie. Incrivelmente, o diretor e roteirista Kabir Khan captura nao so a triste realidade daquele lugar, mas tambem o humor desregrado de uma epoca na qual a vida poderia mudar a qualquer minuto. O filme foi exibido nos Festivais Internacionais de Toronto e Londres.

Uma conferencia por filmar criador Ram Devineni sobre cinema de Bollywood.

Septembro 27th – 19h00 & Septembro 30th – 16h30

Dhoom2. Jai e Ali, os melhores policiais da India, perseguem um ladrao conhecido apenas como “Mr. A.” Durante um grandioso roubo em Mumbai, Mr. A encontra seu par competitivo, a linda ladra Sunehri, e eles se tornam parceiros. Juntos, os dois escapam para o Rio de Janeiro, com Jai e Ali ao seu encalco. “Dhoom2” e um estonteante filme de alta tecnologia com todos os elementos usados em Bollywood, incluindo musicas e dancas exuberantes. E o primeiro filme de Bollywood gravado no Brasil e foi o maior sucesso da India no ano passado.

Septembro 28th – 19h00

Fanaa. Zooni Baig (Kajol) e cega de nacenca e vive em uma pequena cidade de uma area politicamente instavel de Kashmir. Durante uma viagem a Delhi com sua trupe de danca, ela conhece Rehan Khan (Aamir Khan) e os dois se apaixonam. Mal sabe ela que a presenca dele e o afeto que sentem um pelo outro ira coloca-la em um mundo de intrigas politicas e grupos separatistas lutando pela independencia de Kashmir

Septembro 29th – 19h00

Jhoom Barabar Jhoom. Dois estranhos, esperando o trem em uma movimentada estacao de Londres, compartilham suas historias romanticas sobre como conheceram seus respectivos noivos. Um casal se conheceu no Ritz Hotel em Paris, na mesma noite em que a Princesa Diana e Dodi sairam do hotel e cairam nas garras dos paparazzi. “Quando dois amantes morrem, outros dois nascem.” No filme, o legendario ator Amitabh Bachchan interpreta um poeta que guia esses personagens atraves de extravagantes sequencias de musica e danca. O filme e frequentemente definido como a versao de Bollywood para “Moulin Rouge.”

Septembro 29th – 16h30

Dilwale Dulhania Le Jayenge. “Dilwale Dulhania Le Jayenge” e um dos mais bem sucedidos filmes da historia indiana, tendo sido exibido por mais de dez anos nos cinemas e lancado a carreira de Shahrukh Khan, que se tornou uma das maiores estrelas cinematograficas do mundo. Raj e Simran sao jovens indianos vivendo em Londres que acidentalmente se conhecem durante uma viagem pela Europa. Apos alguns desencontros iniciais, e de nao gostarem um do outro, eles eventualmente se apaixonam. Mas Simran esta prometida a outra pessoa por seu pai dominador, que leva a familia inteira a India para a cerimonia de casamento. Raj nao desanima e a segue ate a India, onde eles tentam convencer a todos que precisam ficar juntos. “Dilwale Dulhania Le Jayenge” e uma comedia romantica leve que conquistou o coracao de todos e apresenta uma porcao de excelentes musicas e dancas de Bollywood.

Septembro 30th – 19h00

Read Full Post »

07 a 17 de fevereiro de 2008 / February 7-17, 2008
CINEMATECA BRASILEIRA Largo Senador Raul Cardoso, 207 proxima ao Metro Vila Mariana, Sao Paulo, Brasil
Outras informacoes: (11) 3512-6111 (ramal 215) / 3512-6101
Organizado pela Academia Internacional de Cinema (AIC) e Cinemateca Brasileira

Pelo segundo ano consecutivo, a Cinemateca Brasileira, em parceria com a Academia Internacional de Cinema (AIC), exibe uma selecao de classicos e producoes recentes da meca do cinema indiano, um dos maiores polos prod

utores de cinema do mundo. A MOSTRA DE FILMES DE BOLLYWOOD, programacao que ja faz parte do calendario anual da Cinemateca, tem curadoria e e uma iniciativa do produtor, cineasta e editor indiano Ram Prasad Devineni. Completam esta edicao da mostra de cinema de Bollywood, o documentario de curta-metragem Corpo de Bollywood — O povo quer cinema, obrigatorio para quem quer entender melhor o universo do cinema popular realizado na êndia.

Estadao & Jornal da Tarde



PROGRAMACAO / Program

07.02 I QUINTA / Thursday, Feb 7
SALA CINEMATECA / BNDES
16h00 Laaga Chunari Mein Daag — Journey of a woman
19h20 Corpo de Bollywood — O povo quer cinema
20h00 Sholay

08.02 I SEXTA / Friday, Feb 8
SALA CINEMATECA / BNDES
16h20 Corpo de Bollywood — O povo quer cinema
17h00 Kabul Express
19h30 Jhoom Barabar Jhoom

09.02 I SABADO / Saturday, Feb 9
SALA CINEMATECA / BNDES
16h00 Dilwale Dulhania Le Jayenge
19h20 Corpo de Bollywood — O povo quer cinema
20h00 Krrish

10.02 I DOMINGO / Sunday, Feb 10
SALA CINEMATECA / BNDES
16h20 Corpo de Bollywood — O povo quer cinema
17h00 Kaala Patthar
20h00 Chak De! India

12.02 I TERCA / Tuesday, Feb 12
SALA CINEMATECA/PETROBRAS
20h00 Ta Ra Rum Pum

13.02 I QUARTA / Wednesday, Feb 13
SALA CINEMATECA/PETROBRAS
16h20 Corpo de Bollywood — O povo quer cinema
17h00 Chak De! India
20h00 Dilwale Dulhania Le Jayenge

14.02 I QUINTA / Thursday, Feb 14
SALA CINEMATECA/PETROBRAS
16h00 Kaala Patthar
19h20 Corpo de Bollywood — O povo quer cinema
20h00 Krrish

15.02 I SEXTA / Friday, Feb 15
SALA CINEMATECA/PETROBRAS
16h20 Corpo de Bollywood — O povo quer cinema
17h00 Jhoom Barabar Jhoom
20h00 Kabul Express

16.02 I SABADO / Saturday, Feb 16
SALA CINEMATECA/PETROBRAS
18h00 Sholay

17.02 I DOMINGO / Sunday, Feb 17
SALA CINEMATECA/PETROBRAS
17h00 Laaga Chunari Mein Daag – Journey of a woman
20h30 Ta Ra Rum Pum

PROGRAMACAO / Program

Chak De! India .Grande hit na India e no estrangeiro, este filme e inspirado na vida de Mir Ranjan Negi, ex-goleiro de hockey que voltou aos campos como treinador de um time feminino e recuperou o prestigio ao conduzir a equipe de jogadoras a vitoria num torneio internacional. Destaque para a presenca do ator Shahrukh Khan, uma das maiores estrelas de cinema de Bollywood.

Dilwale Dulhania Le Jayenge. “Dilwale Dulhania Le Jayenge” e um dos mais bem sucedidos filmes da historia indiana, tendo sido exibido por mais de dez anos nos cinemas e lancado a carreira de Shahrukh Khan, que se tornou uma das maiores estrelas cinematograficas do mundo. Raj e Simran sao jovens indianos vivendo em Londres que acidentalmente se conhecem durante uma viagem pela Europa. Apos alguns desencontros iniciais, e de nao gostarem um do outro, eles eventualmente se apaixonam. Mas Simran esta prometida a outra pessoa por seu pai dominador, que leva a familia inteira a India para a cerimonia de casamento. Raj nao desanima e a segue ate a India, onde eles tentam convencer a todos que precisam ficar juntos. “Dilwale Dulhania Le Jayenge” e uma comedia romantica leve que conquistou o coracao de todos e apresenta uma porcao de excelentes musicas e dancas de Bollywood.

Jhoom Barabar Jhoom. Dois estranhos, esperando o trem em uma movimentada estacao de Londres, compartilham suas historias romanticas sobre como conheceram seus respectivos noivos. Um casal se conheceu no Ritz Hotel em Paris, na mesma noite em que a Princesa Diana e Dodi sairam do hotel e cairam nas garras dos paparazzi. “Quando dois amantes morrem, outros dois nascem.” No filme, o legendario ator Amitabh Bachchan interpreta um poeta que guia esses personagens atraves de extravagantes sequencias de musica e danca. O filme e frequentemente definido como a versao de Bollywood para “Moulin Rouge.”

Corpo de Bollywood — O povo quer cinema. O documentario revela como o cinema e a principal forma de entretenimento na India. Bollywood e o centro dessa cultura cinematografica. A maior industria produtora de filmes do mundo — quase mil titulos por ano — mostra seu corpo e estrutura atraves de depoimentos do distribuidor Balkrishna Shroff, do exibidor Umesh Mehra, do produtor Mahesh Bhatt, do diretor Indranil Chakravarty, do empresario Devendra Joshi e de inumeros espectadores em diferentes partes do pais.

Kaala Patthar. Alternando cenas de acao e momentos dramaticos, o filme conta a historia de um capitao que cai em desgraca ao abandonar a embarcacao que estava sob seu comando, colocando em risco a vida de 300 passageiros. Chamado de covarde, humilhado e deserdado por sua familia, ele vai trabalhar numa mina de carvao para tentar esquecer seu passado. Revoltado, o ex-capitao vai liderar os demais companheiros numa luta por melhores condicoes de trabalho e para tentar evitar que a mina seja inundada, levando a morte centenas de trabalhadores.

Kabul Express. Dois jornalistas indianos, um jornalista americano e um guia afegao sao tomados como refens por um soldado paquistanes e levados a uma viagem de 48 horas pelo Afeganistao, num jipe chamado Kabul Express. Pelo caminho, um estranho vinculo se desenvolvera entre eles. Premiado no Festival de Toronto e apresentado nos festivais de Londres, Pusan e Dubai, este filme nao e um tipico filme de Bollywood e nao tem os tradicionais numeros musicais e de danca.

Krrish. Primeiro grande filme de super-heroi produzido em Bollywood, repleto de efeitos especiais e incriveis sequencias de acao. Jovem ingenuo usa seus extraordinarios super-poderes contra um cientista louco que esta em vias de criar um super-computador capaz de predizer o futuro, descoberta que lhe dara o controle sobre o mundo.

Laaga Chunari Mein Daag — Journey Of A Woman. Duas irmas adolescentes vivem felizes com os pais, em Calcuta, as margens do Ganges. A familia, bastante tradicional, passa por dificuldades financeiras e a filha mais velha decide partir para Bombaim atras de melhores oportunidades de trabalho que, na verdade, nao existem. Acaba se tornando uma prostituta de luxo e, sem revelar sua verdadeira profissao, envia para familia os recursos necessarios para custear os estudos da irma e o tratamento medico do pai. O medo de que a familia descubra seu segredo aumenta quando a irma mais nova, ja formada, decide morar com ela em Bombaim. Segundo a critica do New York Times, o filme e “uma fascinante mistura de musical, melodrama e conto de fadas feminista” e “mostra o universo moral de Bollywood em transicao”.

Sholay. O chefe de policia Thakur Baldev Singh pede aos bandidos Veeru e Jai, dois criminosos de segunda classe, que detenham o temido facinora Gabbar Singh, um psicopata que anda aterrorizando o pequeno vilarejo de Ramgarh. O filme eum dos maiores blockbusters da historia da industria de Bollywood. Repleto de referencias a Sergio Leone, Sam Peckinpah e John Ford, Sholay — que significa fogo — e considerado o melhor exemplo do sub-genero de filme de acao que logo ficaria conhecido como “curry western”, versao indiana para os chamados “spaghetti westerns”.

Ta Ra Rum Pum. O filme conta a historia de um famoso piloto de corridas, interpretado por Saif Ali Khan, e de sua familia. Quando o pai sofre um acidente automobilistico, o cotidiano tranquilo de toda a familia e virado de cabeca para baixo. O pai luta para retomar a vida normal e vai trabalhar como motorista de taxi em Nova York. Producao de Bollywood rodada quase inteiramente nos Estados Unidos.

Read Full Post »

De 7 a 11 de marco de 2007, as 19h30
Cinemateca, Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Clementino, Sao Paulo, Brasil
Tels. (55 11) 5084-2177 / 5539-0844 / 5084-2318 / 5084-3366
Organizado pela Academia Internacional de Cinema (AIC) e a Indian Trade Promotion Organization (ITPO) em Sao Paulo.
[ comunicado de imprensa (doc) / comunicado de imprensa (pdf) ]

A Academia Internacional de Cinema (AIC) e a Indian Trade Promotion Organization (ITPO) em Sao Paulo apresentam o primeiro Festival de Bollywood & Cinema Indiano no Brasil para desenvolver relacoes culturais e economicas entre os dois paises. O festival vai de 6 a 11 de marco de 2007, coincidindo com uma importante exposicao de comercio onde 300 companhias indianas irao apresentar seus produtos e desenvolver relacoes comerciais com companhias brasileiras. O festival de cinema ira exibir diversos filmes importantes de Bollywood e do cinema indiano, ajudando os brasileiros a aprender mais sobre a India e seu cinema. Essa e a maneira ideal de introduzir os brasileiros a India, porque os filmes de Bollywood sao os embaixadores culturais da India.

PROGRAMACAO / Program

Dhoom:2. Jai e Ali, os melhores policiais da India, perseguem um ladrao conhecido apenas como “Mr. A.” Durante um grandioso roubo em Mumbai, Mr. A encontra seu par competitivo, a linda ladra Sunehri, e eles se tornam parceiros. Juntos, os dois escapam para o Rio de Janeiro, com Jai e Ali ao seu encalco. “Dhoom:2” e um estonteante filme de alta tecnologia com todos os elementos usados em Bollywood, incluindo musicas e dancas exuberantes. E o primeiro filme de Bollywood gravado no Brasil e foi o maior sucesso da India no ano passado.

March, 7th – 19:30hrs to 22:30hrs & March, 10th – 19:30hrs to 22:30hr

Dilwale Dulhania Le Jayenge. “Dilwale Dulhania Le Jayenge” e um dos mais bem sucedidos filmes da historia indiana, tendo sido exibido por mais de dez anos nos cinemas e lancado a carreira de Shahrukh Khan, que se tornou uma das maiores estrelas cinematograficas do mundo. Raj e Simran sao jovens indianos vivendo em Londres que acidentalmente se conhecem durante uma viagem pela Europa. Apos alguns desencontros iniciais, e de nao gostarem um do outro, eles eventualmente se apaixonam. Mas Simran esta prometida a outra pessoa por seu pai dominador, que leva a familia inteira a India para a cerimonia de casamento. Raj nao desanima e a segue ate a India, onde eles tentam convencer a todos que precisam ficar juntos. “Dilwale Dulhania Le Jayenge” e uma comedia romantica leve que conquistou o coracao de todos e apresenta uma porcao de excelentes musicas e dancas de Bollywood.

March, 9th – 19:30hrs to 22:30hrs

Fanaa. Zooni Baig (Kajol) e cega de nacenca e vive em uma pequena cidade de uma area politicamente instavel de Kashmir. Durante uma viagem a Delhi com sua trupe de danca, ela conhece Rehan Khan (Aamir Khan) e os dois se apaixonam. Mal sabe ela que a presenca dele e o afeto que sentem um pelo outro ira coloca-la em um mundo de intrigas politicas e grupos separatistas lutando pela independencia de Kashmir

March, 11th – 14:30hrs to 17:30hrs

The Terrorist . “The Terrorist” e um dos melhores filmes indianos independentes ja feitos e foi inspirado por eventos em torno do assassinato do ex-Primeiro Ministro Rajiv Gandhi. Dirigido por Santosh Sivan (colaborador e cinematografo de longa data de Mani Ratnam), o filme venceu o principal premio do Festival Internacional de Cinema do Cairo e foi o primeiro filme indiano a ser exibido no Sundance Film Festival. O ator americano John Malkovich comprou o filme e o distribuiu nos Estados Unidos.

March, 8th – 19:30hrs to 22:30hr

Fotos





Read Full Post »

Older Posts »